CÂMARA MINEIRA DO LIVRO
E GOVERNO DE MINAS GERAIS APRESENTAM A 5ª EDIÇÃO DO:

PROGRAMAÇÃO POR TIPO

Abertura
9h – Abertura – Fala de Gláucia e Felipe (Câmara Mineira do Livro)
Bate-papo com o autor
24/06 - 9h30 – Bate-papo com o autor – “Conversa ao pé do ouvido”: Fernanda de Oliveira – Barcelona
  • Fernanda de Oliveira ama literatura, música e crianças desde que era uma. Escreveu seu primeiro livro quando tinha 8 anos de idade e hoje é autora de mais de 30 livros infanto-juvenis. Fernanda de Oliveira é conhecida também por Fê Liz, nasceu em Brasília e formou-se em Artes Visuais pela Universidade Federal de Uberlândia. Foi apresentadora de programas literários na TV, compõe músicas, canta, produz peças de teatro e é curadora de festivais e feiras de livros do Brasil. Fez muitas apresentações em feiras como Bologna Children Bookfair, Frankfurt Buchmesse, Göteborg Book Fair, The London Book Fair, e também em eventos literários em cidades da Dinamarca, Alemanha, Itália, Espanha, Áustria e Suíça. Hoje mora em Barcelona. Dedica sua vida ao sorriso das meninas, meninos, jovens e tudo que fomenta a formação de caráter, cultura e cidadania. Se inscreva no “Canal da Fê Liz” no Youtube, siga @fernandinhaoliveira e @fe.feliz no Instagram. Faça parte desta grande família Fê Liz!
24/06 - 16h - Bate-papo com o autor: Alessandra Roscoe - DF
  • Alessandra Roscoe é mineira de Uberaba, mas vive em Brasília. É jornalista de formação, mas trocou a profissão pelos mundos inventados da Literatura. O primeiro livro, “A menina que pescava estrelas”, foi publicado em 2004 e adaptado para um curta de animação para o cinema. De lá pra cá, já são mais de 40 livros e um projeto bem maior que escrever e publicar: Alessandra Roscoe é a criadora do Uniduniler todas as letras, projeto de formação de leitores e mediação de leituras voltado para grávidas, bebês, pessoas com necessidades especiais ou em situação de vulnerabilidade social. Em 2013 com o livro “Caixinha de guardar o tempo”, Alessandra foi finalista do Prêmio Jabuti. Em 2018, 4 de seus livros foram selecionados pelo MEC no PNLD Literário para a distribuição em todas as escolas do país. Também em 2018, fundou com outras seis escritoras de Brasília o Coletivo Editorial Maria Cobogó.
25/06 - 9h30 – Bate-papo com o autor: Sonia Rosa – RJ
  • Sonia Rosa é carioca, mestre em Relações Étnicos Raciais pelo Cefet/RJ, pedagoga, professora e contadora de histórias. Sua obra literária é repleta de personagens negros em protagonismo. Atualmente se dedica aos trabalhos ligados ao Letramento Racial e à Literatura, especialmente a literatura negro-afetiva para crianças e jovens, conceito criado por ela para nomear sua obra. No ano de 2020 fez vinte e cinco anos de carreira e já publicou mais de cinquenta títulos tendo, O Menino Nito como seu livro inaugural. Já recebeu alguns prêmios pela FNLIJ, inclusive o Altamente Recomendável. Tem livros editados na França, países africanos de língua francesa, Itália, Galícia, México, Canadá e Estados Unidos. Em 2015 foi homenageada com uma moção na Câmara dos Vereadores pelos 450 anos de Carioquice Feminina. E ao longo de sua carreira já recebeu de presente dez bibliotecas batizadas com seu nome, motivo de muita alegria para ela. Em 2021 seu livro TRÊS HISTORIAS DE ENCANTO foi finalista do Jabuti.
25/06 - 16h - Bate-papo com o autor: Mary e Eliardo França - Juiz de Fora – MG
  • O casal Mary e Eliardo França é um dos grandes fenômenos do mercado editorial brasileiro. Autores de livros para crianças há 50 anos, juntos têm mais de 300 títulos publicados. Têm livros publicados em várias línguas com prêmios nacionais e internacionais. O casal trabalha em sintonia perfeita: os desenhos do talentoso Eliardo interagem ludicamente com o texto de Mary, atraindo de imediato o pequeno leitor na construção de um imaginário rico em detalhes, através do lúdico e da informação, proporcionando momentos de criatividade e lazer
26/06 - 16h30 - Bate-papo com o autor: Andrea Viviana Taubman- RJ
  • Andrea Viviana Taubman nasceu em Buenos Aires (Argentina) em 1965 e mora no Brasil desde 1973. É escritora, palestrante, tradutora, contadora de histórias e locutora bilíngue. Tem 17 livros publicados que abordam, principalmente, temas sensíveis como deficiências, luto e abuso sexual na infância, causa da qual é ativista por meio do livro NÃO ME TOCA, SEU BOBOCA! e da Campanha Ninguém Mexe Comigo, ambos vencedores do Prêmio Neide Castanha de Direitos Humanos de Crianças e Adolescentes. É curadora do clube de assinaturas de livros infantis Literi – Literatura & psique, voltado para o socioemocional e conselheira profissional da Rede Unificada Nacional e Internacional pelos Direitos dos Autistas - Reunida.
27/06 - 10h30 - Bate-papo com o autor: Léo Cunha – BH
  • Leo Cunha nasceu em Bocaiúva (MG), em 1966. Escritor, tradutor, jornalista e professor universitário. Publicou mais de 60 livros para crianças e jovens, além de 5 livros de crônica e 1 de teatro. Sua obra recebeu diversos prêmios no campo da literatura infantil e juvenil, como: Nestlé, Biblioteca Nacional, Jabuti, João-de-Barro, Adolfo Aizen, FNLIJ. Também teve mais de 20 títulos selecionados para programas de leitura como o PNBE, PNAIC e PNLD Literário.
27/06 - 16h - Bate-papo com o autor: João Marcos- Governador Valadares – MG
  • João Marcos compartilha com o público detalhes sobre seus livros, o trabalho com Maurício de Sousa, Traço a Traço e sobre o mais novo trabalho que são as titinhas Escola de Passarinhos.
  • Mestre em Artes Visuais pela Escola de Belas Artes da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Roteirista da Mauricio de Sousa Produções, nas revistas infantis da turma da Mônica. Professor da Universidade Vale do Rio Doce no curso Arquitetura e Urbanismo. É autor de diversos livros em quadrinhos para crianças, publicados em editoras como Abacatte, A Semente, Nemo, Paulinas entre outras. Participou dos livros MSP 50 (Panini), Ouro da Casa (Panini), da exposição/livro Ícones dos Quadrinhos, entre outros. O Livro Três é demais (Abacatte editorial, 2020) recebeu o selo Cátedra 10 UNESCO de Leitura PUC-RIO 2020 na categoria Distinção. Atua também como ilustrador e pesquisador sobre o uso das histórias em quadrinhos na educação, trabalho que ganhou o troféu HQ Mix e gerou publicações teóricas na área. Tem um canal de desenhos para crianças no Youtube, o Traça Traço.
Narração de histórias
24/06 - ESTREIA: Narração de Histórias – “Histórias da nossa terra”, com Bárbara Amaral
  • Bárbara Amaral é narradora de histórias e arte-educadora, ganhadora do 1º lugar no prêmio oferecido pelo 20º Internacional Storytelling Festival (Festival Internacional de Narração de Histórias) , organizado pelo Institute for Intellectual Development of Children and Young Adults. Teerã – Irã, 2018. Tem participado de encontros, festivais e feiras na América latina e pelo Brasil. Atualmente desenvolve projetos de pesquisa e apresentações da tradição oral brasileira, podcast Histórias com Café com Aline Cântia, Ana Martins e Paula Libéria, Cia Canta Contos com os músicos Babu Xavier e Tininho Silva e Duo Diceres, projeto bilíngue, com o músico e escritor mexicano Paul Berssey.
24/06 - ESTREIA – Leitura de Contos e Poemas – “Eu Leio Você Sente” – Sabic
  • O público terá acesso à leitura de contos e poemas selecionados. A Sabic tem o objetivo de promover a interação entre bibliotecas comunitárias e o fortalecimento dessas iniciativas por meio da arte e da cultura.
24/06 - ESTREIA: – Narração de Histórias “Trazendo histórias e memórias” com Cantarolê - Sabará (MG)
  • Cantarolê é um grupo que trabalha com Música e Contação de Histórias desde 2003 participação em diversos Salões do Livro, Bienal e Feiras Literárias.
24/06 - ESTREIA – Leitura de Contos e Poemas – Sabic
  • O público terá acesso à leitura de contos e poemas selecionados. A Sabic tem o objetivo de promover a interação entre bibliotecas comunitárias e o fortalecimento dessas iniciativas por meio da arte e da cultura.
24/06 - ESTREIA - Narração de Histórias “Guimarães Rosa para crianças”, com Bárbara Melgaço e Cláudia Araújo
  • Em 2008 estreou Guimarães Rosa para crianças, uma narrativa da saga do menino Migulim embalada com músicas inspiradas na literatura Roseana que vem encantando crianças de todas as idades.
25/06 - ESTREIA – “Bistrô da Juju – Contação de História” com Juliana Anselmo
  • O Bistrô da Juju é um lugar aconchegante onde as palavras têm cheiro, cor e sabor. E um restaurante da imaginação onde o FAZ DE CONTA e o ERA UMA VEZ ganham vida e se transformam em realidade. Será servido no Salão do Livro Infantil e Juvenil de MG “HISTÓRIAS QUE IRÃO DO CÉU À TERRA”. Juliana Anselmo é mãe, avó e amiga que depois de se aposentar passou a dedicar-se a arte de contar histórias em espaços públicos, salões do livro, feiras literárias, Bienal de Minas Gerais. Preza pela arte e movimento da Palavra.
25/06 - ESTREIA – Leitura de Contos e Poemas – “Eu Leio Você Sente” – Sabic
  • O público terá acesso à leitura de contos e poemas selecionados. A Sabic tem o objetivo de promover a interação entre bibliotecas comunitárias e o fortalecimento dessas iniciativas por meio da arte e da cultura.
25/06 - ESTREIA – Arautos de Poesia - Sabará – MG
  • Criadora do Arautos da Poesia, em Sabará, conhecida como a Senhora dos Versos, título de um cordel feito em sua homenagem, Aguida vai contar a história dela – que insiste em dizer que foi simples, de “uma dona de casa que se formou em Pedagogia e saiu para trabalhar”, vinda de Malacacheta, no Vale do Mucuri, que procura inserir poesia na vida de crianças e adolescentes que fazem parte dos Arautos, trazendo para nossas vidas um pouco mais de poesia .
25/06 - ESTREIA - Narração de Histórias “Narrativas de um Africano Brasileiro” com Carlos Roberto
26/06 - ESTREIA – Narração de Histórias com Sara do Vale – DF
  • O que é mais legal: cantar contando ou contar cantando? Acho que os dois, hein!?! Venha descobrir... Sara do Vale é mestra em Educação Musical- UNB, Pedagoga, Musicista, Compositora infantil Brincante.
26/06 - ESTREIA – Leitura de Contos e Poemas – “Eu Leio Você Sente” – Sabic
  • O público terá acesso à leitura de contos e poemas selecionados. A Sabic tem o objetivo de promover a interação entre bibliotecas comunitárias e o fortalecimento dessas iniciativas por meio da arte e da cultura.
26/06 - ESTREIA - Narração de Histórias com Alessandra Nogueira
  • Era uma vez... Uma menina que ouvia histórias da avó de cá e da avó de lá. Encantou-se com o mundo fantástico e maravilhoso e, assim, foi tecendo em sua vida, o amor pelas narrativas. Assim, tornou-se contadora de histórias, após uma jornada entre cursos e pesquisas. Embrenhou-se pelo mundo das Letras pela PUC-Minas, e, ainda caminha por lá, para levar ao seu público o que há de melhor de ver, escutar e sentir do mundo encantado do Era Uma Vez...
27/06 - ESTREIA – Contação de Histórias com Denise Arantes - Divinópolis- MG
  • Coordena a Hora do Conto, um projeto que está completando 21 anos e que acontece na livraria Boutique do Livro sendo que atualmente, está acontecendo somente no formato online por causa da pandemia. É integrante do Grupo Encontro Contadores de Histórias, que se apresenta na praça do Santuário de Divinópolis há mais de vinte anos. Sua primeira mestra na arte da contação de histórias foi Gislayne Matos, em 2000. De lá pra cá, foram muitos cursos e oficinas pela estrada a fora. Também bebeu na fonte do Instituto Aletria, onde teve aulas com Rosana Montalverne e outros grandes nomes desta arte milenar.
27/06 - ESTREIA – Leitura de Contos e Poemas – “Eu Leio Você Sente” – Sabic
  • O público terá acesso à leitura de contos e poemas selecionados. A Sabic tem o objetivo de promover a interação entre bibliotecas comunitárias e o fortalecimento dessas iniciativas por meio da arte e da cultura.
27/06 - ESTREIA - Narração de Histórias com July Mascarenhas e crianças do Clubinho De Talentos
  • O Clubinho de Talentos surgiu a partir da experiência de uma das fundadoras, JULY MASCARENHAS, como professora de teatro para crianças, escritora e criadora da obra: “Tutzzi e as Treleletas no Reino do Conhecimento”. Despertar e destacar, de forma lúdica e divertida, os talentos das crianças para alcançar o sucesso na vida profissional e principalmente pessoal.
27/06 - 18h - Narração de Histórias com Roberto de Freitas
  • Roberto de Freitas recebeu o prêmio de Melhor Contador de Histórias da BPIJBH. Escritor e pesquisador da cultura popular das nossas tradições orais, desde as histórias, causos, cantigas, brincadeiras, até a nossa rica culinária mineira. Já foi considerado como um dos melhores contadores de histórias do Brasil.
Oficinas
24/06 - 10h30 – Oficina de Cordel com Olegário Alfredo
  • Olegário Alfredo - Mestre Gaio, Poeta, cordelista, rabequeiro. Membro da ABLC - Academia Brasileira de Literatura de Cordel e ALTO - Academia de Letras de Teófilo Otoni.
24/06 - 14h - Oficina de Cordel com Olegário Alfredo
  • Olegário Alfredo - Mestre Gaio, Poeta, cordelista, rabequeiro. Membro da ABLC - Academia Brasileira de Literatura de Cordel e ALTO - Academia de Letras de Teófilo Otoni.
25/06 - 10h30 – Oficina “O mundo reciclado de Hermes” com Hermes Perdigão
  • Oficina com materiais alternativos que todo mundo tem em casa. Artista reciclante, Hermes Perdigão acredita que o imaginado poderá ser criado. O que para muitos é lixo, ele usa como matéria prima para construção de bonecos. Com tampinhas, rolhas, papel cortado (Kirigami) e objetos que você tem em casa, vamos construir pequenos bonecos.
  • Lista de material: Tesoura, Papéis diversos, Grampeador, Caneta, Tampinhas de plástico (diversas cores e tamanhos), Fita crepe, Canudinho ou espeto de churrasco, Meias velhas
25/06 - 14h - Oficina “O mundo reciclado de Hermes” com Hermes Perdigão
  • Oficina com materiais alternativos que todo mundo tem em casa. Artista reciclante, Hermes Perdigão acredita que o imaginado poderá ser criado. O que para muitos é lixo, ele usa como matéria prima para construção de bonecos. Com tampinhas, rolhas, papel cortado (Kirigami) e objetos que você tem em casa, vamos construir pequenos bonecos.
  • Lista de material: Tesoura, Papéis diversos, Grampeador, Caneta, Tampinhas de plástico (diversas cores e tamanhos), Fita crepe, Canudinho ou espeto de churrasco, Meias velhas;
26/06 - 11h30 – Oficina brincante com Maria Cutia
  • Os atores brincantes Mariana Arruda, Leonardo Rocha e Hugo da Silva prometem muita diversão para a garotada. Com um intenso diálogo com a música, todos os espetáculos da cia Maria Cutia tem trilha sonora executada ao vivo, cultivando uma pesquisa própria denominada música-em-cena.
26/06 - 14h30 – Oficina - “A música que a gente faz em casa” com Sara Vale – DF
  • A oficina traz maneiras criativas de utilizar objetos do cotidiano para vivências e experiências sonoro musicais. Sara do Vale é mestra em Educação Musical- UNB, Pedagoga, Musicista, Compositora infantil Brincante.
27/06 - 11h30 – Oficina "Meu primeiro Kamishibai" com Sandra Lane
  • A oficina trabalhará com uma metodologia participativa e interativa, onde a teoria será construída a partir da prática. Sandra Lane é presidente da ONG Úbere, que tem por objetivo principal favorecer a aproximação do público, principalmente o de baixa renda, com os universos artístico, social e cultural.
  • MATERIAIS: Duas caixas de papelão do mesmo tamanho, pode ser caixa de lasanha, caixa de filtro de café, caixa de pizza, desde que seja quadrada ou retangular. O ideal é que as caixas selecionadas para o workshop tenham entre 2cm a 5cm de largura. ,Dez folhas de papel ofício (Podemos reaproveitar o verso de folhas usadas),Estilete (caso a criança seja acompanhada por um adulto), Fita crepe ou durex, Tesoura, Lápis de cor, Canetinhas coloridas, Lápis, Borracha, Cola (pode ser líquida, em bastão ou cola quente), Retalhos de papéis coloridos
27/06 - 14h30 – Oficina de Mangá com Hilton P. Rocha
  • A proposta do mangá (palavra usada para designar histórias em quadrinhos feitas no estilo japonês) surgiu em uma roda de conversa, em um diálogo que buscava compreender as demandas e coletar ideias do próprio público atendido para otimizar a comunicação. Hilton P. Rocha é professor, ilustrador e quadrinista. Formado em cinema de Animação na UFMG, ministrou os cursos de desenho fundamental e mangá no extinto estúdio Black Ink de Belo Horizonte.
Rádio Literária
24/06 - 12h – Rádio Literária "Dom da História"- Sugestões de livros e spoiler com Mário Alves
  • “...de todos os presentes que as pessoas dão umas às outras, os mais significativos são o amor simples, porém sólido - e o presente da história.” Clarissa Pinkola Estés
  • ‘O salão do livro infantil e juvenil de Minas Gerais 2021 apresenta a Rádio Literária Dom da História! Mário Alves, feito um beija-flor, presenteia o público com histórias e dicas de leitura que são um verdadeiro tesouro!
  • Mário Alves nasceu em 1981, ano internacional da pessoa com deficiência. Por coincidência, ou não, é o primeiro filho de um casal de cegos - o que explica, em parte, sua paixão pela oralidade, bem como sua trajetória profissional: pós-graduado em História pela UFMG, formado em contação de histórias pelo Instituto Cultural Aletria, professor (2005 a 2012) nas redes pública e particular e educador do CCBB-BH e Casa Fiat de Cultura. Em seu trabalho mais recente, O portal dos tempos, a força narrativa de Mário encontra a musicalidade de Breno Mendonça e Thiago Peixoto - expoentes da nova geração da música instrumental mineira. Membro do Coletivo Narradores, referência em pesquisa no campo da narração artística, o trabalho de Mário celebra a vida e reafirma a Palavra como instrumento de humanização.
24/06 - 15h30 - Rádio Literária "Dom da História"- Sugestões de livros e spoiler com Mário Alves
  • “...de todos os presentes que as pessoas dão umas às outras, os mais significativos são o amor simples, porém sólido - e o presente da história.” Clarissa Pinkola Estés
  • ‘O salão do livro infantil e juvenil de Minas Gerais 2021 apresenta a Rádio Literária Dom da História! Mário Alves, feito um beija-flor, presenteia o público com histórias e dicas de leitura que são um verdadeiro tesouro!
  • Mário Alves nasceu em 1981, ano internacional da pessoa com deficiência. Por coincidência, ou não, é o primeiro filho de um casal de cegos - o que explica, em parte, sua paixão pela oralidade, bem como sua trajetória profissional: pós-graduado em História pela UFMG, formado em contação de histórias pelo Instituto Cultural Aletria, professor (2005 a 2012) nas redes pública e particular e educador do CCBB-BH e Casa Fiat de Cultura. Em seu trabalho mais recente, O portal dos tempos, a força narrativa de Mário encontra a musicalidade de Breno Mendonça e Thiago Peixoto - expoentes da nova geração da música instrumental mineira. Membro do Coletivo Narradores, referência em pesquisa no campo da narração artística, o trabalho de Mário celebra a vida e reafirma a Palavra como instrumento de humanização.
24/06 - 17h20 - Rádio Literária "Dom da História"- Sugestões de livros e spoiler com Mário Alves
  • “...de todos os presentes que as pessoas dão umas às outras, os mais significativos são o amor simples, porém sólido - e o presente da história.” Clarissa Pinkola Estés
  • ‘O salão do livro infantil e juvenil de Minas Gerais 2021 apresenta a Rádio Literária Dom da História! Mário Alves, feito um beija-flor, presenteia o público com histórias e dicas de leitura que são um verdadeiro tesouro!
  • Mário Alves nasceu em 1981, ano internacional da pessoa com deficiência. Por coincidência, ou não, é o primeiro filho de um casal de cegos - o que explica, em parte, sua paixão pela oralidade, bem como sua trajetória profissional: pós-graduado em História pela UFMG, formado em contação de histórias pelo Instituto Cultural Aletria, professor (2005 a 2012) nas redes pública e particular e educador do CCBB-BH e Casa Fiat de Cultura. Em seu trabalho mais recente, O portal dos tempos, a força narrativa de Mário encontra a musicalidade de Breno Mendonça e Thiago Peixoto - expoentes da nova geração da música instrumental mineira. Membro do Coletivo Narradores, referência em pesquisa no campo da narração artística, o trabalho de Mário celebra a vida e reafirma a Palavra como instrumento de humanização.
25/06 - 12h20 – Rádio Literária "Dom da História"- Sugestões de livros e spoiler com Mário Alves
  • “...de todos os presentes que as pessoas dão umas às outras, os mais significativos são o amor simples, porém sólido - e o presente da história.” Clarissa Pinkola Estés
  • ‘O salão do livro infantil e juvenil de Minas Gerais 2021 apresenta a Rádio Literária Dom da História! Mário Alves, feito um beija-flor, presenteia o público com histórias e dicas de leitura que são um verdadeiro tesouro!
  • Mário Alves nasceu em 1981, ano internacional da pessoa com deficiência. Por coincidência, ou não, é o primeiro filho de um casal de cegos - o que explica, em parte, sua paixão pela oralidade, bem como sua trajetória profissional: pós-graduado em História pela UFMG, formado em contação de histórias pelo Instituto Cultural Aletria, professor (2005 a 2012) nas redes pública e particular e educador do CCBB-BH e Casa Fiat de Cultura. Em seu trabalho mais recente, O portal dos tempos, a força narrativa de Mário encontra a musicalidade de Breno Mendonça e Thiago Peixoto - expoentes da nova geração da música instrumental mineira. Membro do Coletivo Narradores, referência em pesquisa no campo da narração artística, o trabalho de Mário celebra a vida e reafirma a Palavra como instrumento de humanização.
25/06 - 15h30 - Rádio Literária "Dom da História"- Sugestões de livros e spoiler com Mário Alves
  • “...de todos os presentes que as pessoas dão umas às outras, os mais significativos são o amor simples, porém sólido - e o presente da história.” Clarissa Pinkola Estés
  • ‘O salão do livro infantil e juvenil de Minas Gerais 2021 apresenta a Rádio Literária Dom da História! Mário Alves, feito um beija-flor, presenteia o público com histórias e dicas de leitura que são um verdadeiro tesouro!
  • Mário Alves nasceu em 1981, ano internacional da pessoa com deficiência. Por coincidência, ou não, é o primeiro filho de um casal de cegos - o que explica, em parte, sua paixão pela oralidade, bem como sua trajetória profissional: pós-graduado em História pela UFMG, formado em contação de histórias pelo Instituto Cultural Aletria, professor (2005 a 2012) nas redes pública e particular e educador do CCBB-BH e Casa Fiat de Cultura. Em seu trabalho mais recente, O portal dos tempos, a força narrativa de Mário encontra a musicalidade de Breno Mendonça e Thiago Peixoto - expoentes da nova geração da música instrumental mineira. Membro do Coletivo Narradores, referência em pesquisa no campo da narração artística, o trabalho de Mário celebra a vida e reafirma a Palavra como instrumento de humanização.
25/06 - 17h20 - Rádio Literária "Dom da História"- Sugestões de livros e spoiler com Mário Alves
  • “...de todos os presentes que as pessoas dão umas às outras, os mais significativos são o amor simples, porém sólido - e o presente da história.” Clarissa Pinkola Estés
  • ‘O salão do livro infantil e juvenil de Minas Gerais 2021 apresenta a Rádio Literária Dom da História! Mário Alves, feito um beija-flor, presenteia o público com histórias e dicas de leitura que são um verdadeiro tesouro!
  • Mário Alves nasceu em 1981, ano internacional da pessoa com deficiência. Por coincidência, ou não, é o primeiro filho de um casal de cegos - o que explica, em parte, sua paixão pela oralidade, bem como sua trajetória profissional: pós-graduado em História pela UFMG, formado em contação de histórias pelo Instituto Cultural Aletria, professor (2005 a 2012) nas redes pública e particular e educador do CCBB-BH e Casa Fiat de Cultura. Em seu trabalho mais recente, O portal dos tempos, a força narrativa de Mário encontra a musicalidade de Breno Mendonça e Thiago Peixoto - expoentes da nova geração da música instrumental mineira. Membro do Coletivo Narradores, referência em pesquisa no campo da narração artística, o trabalho de Mário celebra a vida e reafirma a Palavra como instrumento de humanização.
26/06 - 9h30 – Rádio Literária "Dom da História"- Sugestões de livros e spoiler com Mário Alves
  • “...de todos os presentes que as pessoas dão umas às outras, os mais significativos são o amor simples, porém sólido - e o presente da história.” Clarissa Pinkola Estés
  • ‘O salão do livro infantil e juvenil de Minas Gerais 2021 apresenta a Rádio Literária Dom da História! Mário Alves, feito um beija-flor, presenteia o público com histórias e dicas de leitura que são um verdadeiro tesouro!
  • Mário Alves nasceu em 1981, ano internacional da pessoa com deficiência. Por coincidência, ou não, é o primeiro filho de um casal de cegos - o que explica, em parte, sua paixão pela oralidade, bem como sua trajetória profissional: pós-graduado em História pela UFMG, formado em contação de histórias pelo Instituto Cultural Aletria, professor (2005 a 2012) nas redes pública e particular e educador do CCBB-BH e Casa Fiat de Cultura. Em seu trabalho mais recente, O portal dos tempos, a força narrativa de Mário encontra a musicalidade de Breno Mendonça e Thiago Peixoto - expoentes da nova geração da música instrumental mineira. Membro do Coletivo Narradores, referência em pesquisa no campo da narração artística, o trabalho de Mário celebra a vida e reafirma a Palavra como instrumento de humanização.
26/06 - 13h – Rádio Literária "Dom da História"- Sugestões de livros e spoiler com Mário Alves
  • “...de todos os presentes que as pessoas dão umas às outras, os mais significativos são o amor simples, porém sólido - e o presente da história.” Clarissa Pinkola Estés
  • ‘O salão do livro infantil e juvenil de Minas Gerais 2021 apresenta a Rádio Literária Dom da História! Mário Alves, feito um beija-flor, presenteia o público com histórias e dicas de leitura que são um verdadeiro tesouro!
  • Mário Alves nasceu em 1981, ano internacional da pessoa com deficiência. Por coincidência, ou não, é o primeiro filho de um casal de cegos - o que explica, em parte, sua paixão pela oralidade, bem como sua trajetória profissional: pós-graduado em História pela UFMG, formado em contação de histórias pelo Instituto Cultural Aletria, professor (2005 a 2012) nas redes pública e particular e educador do CCBB-BH e Casa Fiat de Cultura. Em seu trabalho mais recente, O portal dos tempos, a força narrativa de Mário encontra a musicalidade de Breno Mendonça e Thiago Peixoto - expoentes da nova geração da música instrumental mineira. Membro do Coletivo Narradores, referência em pesquisa no campo da narração artística, o trabalho de Mário celebra a vida e reafirma a Palavra como instrumento de humanização.
26/06 - 16h – Rádio Literária "Dom da História"- Sugestões de livros e spoiler com Mário Alves
  • “...de todos os presentes que as pessoas dão umas às outras, os mais significativos são o amor simples, porém sólido - e o presente da história.” Clarissa Pinkola Estés
  • ‘O salão do livro infantil e juvenil de Minas Gerais 2021 apresenta a Rádio Literária Dom da História! Mário Alves, feito um beija-flor, presenteia o público com histórias e dicas de leitura que são um verdadeiro tesouro!
  • Mário Alves nasceu em 1981, ano internacional da pessoa com deficiência. Por coincidência, ou não, é o primeiro filho de um casal de cegos - o que explica, em parte, sua paixão pela oralidade, bem como sua trajetória profissional: pós-graduado em História pela UFMG, formado em contação de histórias pelo Instituto Cultural Aletria, professor (2005 a 2012) nas redes pública e particular e educador do CCBB-BH e Casa Fiat de Cultura. Em seu trabalho mais recente, O portal dos tempos, a força narrativa de Mário encontra a musicalidade de Breno Mendonça e Thiago Peixoto - expoentes da nova geração da música instrumental mineira. Membro do Coletivo Narradores, referência em pesquisa no campo da narração artística, o trabalho de Mário celebra a vida e reafirma a Palavra como instrumento de humanização.
27/06 - 9h30 – Rádio Literária "Dom da História"- Sugestões de livros e spoiler com Mário Alves
  • “...de todos os presentes que as pessoas dão umas às outras, os mais significativos são o amor simples, porém sólido - e o presente da história.” Clarissa Pinkola Estés
  • ‘O salão do livro infantil e juvenil de Minas Gerais 2021 apresenta a Rádio Literária Dom da História! Mário Alves, feito um beija-flor, presenteia o público com histórias e dicas de leitura que são um verdadeiro tesouro!
  • Mário Alves nasceu em 1981, ano internacional da pessoa com deficiência. Por coincidência, ou não, é o primeiro filho de um casal de cegos - o que explica, em parte, sua paixão pela oralidade, bem como sua trajetória profissional: pós-graduado em História pela UFMG, formado em contação de histórias pelo Instituto Cultural Aletria, professor (2005 a 2012) nas redes pública e particular e educador do CCBB-BH e Casa Fiat de Cultura. Em seu trabalho mais recente, O portal dos tempos, a força narrativa de Mário encontra a musicalidade de Breno Mendonça e Thiago Peixoto - expoentes da nova geração da música instrumental mineira. Membro do Coletivo Narradores, referência em pesquisa no campo da narração artística, o trabalho de Mário celebra a vida e reafirma a Palavra como instrumento de humanização.
27/06 - 13h30 – Rádio Literária "Dom da História"- Sugestões de livros e spoiler com Mário Alves
  • “...de todos os presentes que as pessoas dão umas às outras, os mais significativos são o amor simples, porém sólido - e o presente da história.” Clarissa Pinkola Estés
  • ‘O salão do livro infantil e juvenil de Minas Gerais 2021 apresenta a Rádio Literária Dom da História! Mário Alves, feito um beija-flor, presenteia o público com histórias e dicas de leitura que são um verdadeiro tesouro!
  • Mário Alves nasceu em 1981, ano internacional da pessoa com deficiência. Por coincidência, ou não, é o primeiro filho de um casal de cegos - o que explica, em parte, sua paixão pela oralidade, bem como sua trajetória profissional: pós-graduado em História pela UFMG, formado em contação de histórias pelo Instituto Cultural Aletria, professor (2005 a 2012) nas redes pública e particular e educador do CCBB-BH e Casa Fiat de Cultura. Em seu trabalho mais recente, O portal dos tempos, a força narrativa de Mário encontra a musicalidade de Breno Mendonça e Thiago Peixoto - expoentes da nova geração da música instrumental mineira. Membro do Coletivo Narradores, referência em pesquisa no campo da narração artística, o trabalho de Mário celebra a vida e reafirma a Palavra como instrumento de humanização.
Palestras e Conversas
24/06 - ESTREIA – Conversa com João Vitório e Leticia Liz Ribeiro Figueiredo com mediação de Sandra Bittencourt
  • Uma prosa carregada de memória afetiva - sobre crianças que cresceram participando das edições do salão do livro e o que o que o mundo dos livros propiciaram e propiciam em suas vidas: social e de estudante.
  • As memórias afetivas podem ser geradas a partir dos gostos que sentimos, dos aromas, cores, formas e gestos que vão nos transportar para aquele lugar ao longo de nossas vidas, e os dois vivenciaram vários salões e possuem muitas histórias que poderão incentivar outros leitores.
24/06 - 19h - Palestra "Histórias para fazer o céu sonhar" com Beatriz Myrrha
  • Beatriz Myrrha fala, conta e sonha a importância da narração de histórias para crianças, jovens e adultos em casa ou na escola.
  • É mineira, escritora, há 30 anos trabalha como contadora de histórias e musicista. É idealizadora e maestrina do Coral dos Desafinados, educadora, palestrante e formadora de contadores de histórias e de professores de música.
25/06 - 18h30 – Palestra "A Arte, imagem e performance literária para crianças" com Celso Sisto - Porto Alegre
  • Alimentar o imaginário infantil, possibilitar o exercício da criação e da fantasia, e fomentar o surgimento de ouvintes e leitores críticos são tarefas das mais nobres. As artes do livro e da performance literária têm esse compromisso também: estimular o debate, as leituras de mundo, a solução de conflitos e o convívio com as diferenças. São exercícios com essa potência lúdica que a leitura, o uso do objeto livro, a mediação literária e a ação dos contadores de histórias podem proporcionar. É sobre tudo isso que queremos falar!
  • Celso Sisto é escritor, ilustrador, contador de histórias do grupo Morandubetá (RJ), ator, arte-educador, especialista em literatura infantil e juvenil, pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), Mestre em Literatura Brasileira pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Doutorando em Teoria da Literatura, pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUC-RS) e responsável pela formação de inúmeros grupos de contadores de histórias espalhados pelo país. Atualmente é crítico de literatura infantil em uma revista e dois portais da internet e é o idealizador, coordenador e diretor artísticos dos Seminários de Contadores de Histórias da Feira do Livro de Porto Alegre e da Jornada Nacional de Literatura de Passo Fundo.
26/06 - ESTREIA - Conversa com João Vitório e Leticia Liz Ribeiro Figueiredo com mediação de Sandra Bittencourt
  • Uma prosa carregada de memória afetiva - sobre crianças que cresceram participando das edições do salão do livro e o que o que o mundo dos livros propiciaram e propiciam em suas vidas: social e de estudante.
26/06 - 18h30 – Palestra "Mãe na Diversidade" com Karolina Cordeiro -Uberlândia – MG
  • Karolina Cordeiro é geógrafa, corredora, mãe do Pedro que possui uma síndrome rara - Aicardi Goutieres, da Ana Júlia e da Giovana. Especialista em projetos de acessibilidade física, mas principalmente humana. É coordenadora do Projeto Angel Hair e coautora do projeto Muda do Afeto. Sonhadora, vê amorosidade em tudo. Autora de "Pedroca, O Menino que Sabia Voar" e "Pedro, O Pequeno Grande Príncipe". Essa mãe transforma a experiência de ter um filho com deficiência em aprendizado e oportunidade para criar relações sociais significativas e importantes, voltadas a um mundo melhor.
Espetáculos
25/06 - ESTREIA - Espetáculo "Palavra Chave - Histórias e Sentidos" com Mário Alves
  • Os povos originários da América do Norte contam uma história em tempos de crise. Quando os planos dão errado e a vida parece estar se desmanchando. Antes de conta-la, é costume, nessa milenar tradição, refletir sobre algumas perguntas: quando foi que você parou de cantar? Há quanto tempo você não dança? Brinca? Quando foi que você deixou de se encantar com as histórias, especialmente as histórias da sua vida?
  • Em Palavra Chave, Mário Alves presenteia o público com passagens da própria história, costurada com fios de afeto a contos da tradição oral do mundo – narrativas poderosas e empoderadoras, capazes de, nesse caos de começo de milênio, reavivar os sonhos.
  • Envolvente, divertido e profundo, o espetáculo celebra belezas invisíveis e reafirma o dom da vida em recriar as histórias. E as histórias, a vida!
26/06 - ESTREIA - Espetáculo de Dança "Coisa é Tudo" - Grupo Hibridus - Ipatinga- MG
  • O Grupo nasceu em 2002, tendo como missão: ”Produzir, compartilhar e difundir experiências em dança e arte contemporânea, gerando diálogo com outros segmentos artísticos e criando ambientes de troca que possibilitem a ampliação da visão e espírito crítico da comunidade, valorizando a cultura local”. O Hibridus costuma apostar no diálogo entre artistas e entre esses e o público, com uma proposta de formato de aproximação e de convivência que possibilite a criação de outras estratégias e de novas redes.
27/06 - ESTREIA – Quintal de Guegué, com Gledes Gualberto e Paulo David
  • Gledes Gualberto e o músico Paulo David, “O Quintal da Guegué” convida a plateia a participar ativamente da cena, transformando o espetáculo numa celebração à alegria. Vivo e pulsante, une gerações através de histórias, música e brincadeiras, em momentos de muita descontração e afetividade.
27/06 - 18h50 - Espetáculo "Sarau Musical" com Maria Cutia
  • Os atores brincantes Mariana Arruda, Leonardo Rocha e Hugo da Silva em um encontro cantante e teatrante. Com canções autorais levará o público, a arrastar o sofá e cair na alegria da palavra e do corpo em movimento .
Encerramento
18h50 – Fala de encerramento
Salão do Livro 2021